Vodafone interpõe providência cautelar para suspender intervenção da AdC no processo Media Capital/Altice

Jornal de Negócios 28 de março de 2018

Mário Vaz, presidente da Vodafone, anunciou a acção no Parlamento.

A Vodafone apresentou "uma providência cautelar para suspender a eficácia da intervenção da Autoridade da Concorrência no processo" de análise da compra da Media Capital pela Altice.

Para Mário Vaz a falta de parecer vinculativo da ERC prejudica o pronunciamento da Autoridade da Concorrência. 

 A ERC, num parecer dos serviços, demonstrou oposição, mas o conselho do regulador, então liderado por Carlos Magno e que só tinha na altura três elementos, acabou por enviar o processo para a AdC, uma vez que para chumbar o processo tinha de receber todos os votos contra. Carlos Magno acabou por viabilizar a chegada do processo à AdC, apesar de a maioria dos votos ter sido no sentido do chumbo. 

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais