Superdragões: "Medida é absurda e sem qualquer fundamento legal"

Alexandra Pedro 08 de novembro de 2017

Fernando Madureira está inibido de ir a um estádio ou pavilhão durante seis meses, tendo que pagar também uma multa de 2600 euros.

A claque dos Superdragões já reagiu à decisão do Instituto Português de Juventude e Desporto (IPJD), de proibir Fernando Madureira de entrar em recintos desportivos durante seis meses, afirmando que "a medida é absurda e sem qualquer fundamento legal". 

Em comunicado, a claque do FC Porto, cuja liderança é de Madureira, manifestou "total surpresa e repúdio perante o castigo".

"Esta medida verdadeiramente absurda e sem qualquer fundamento legal conforme será provado nas instâncias competentes, é absolutamente inédita pois jamais um cidadão foi punido por entoar um qualquer cântico, fosse ele mais ou menos ofensivo. Mas ainda mais inédito, e quiçá alvo de um novo recorde mundial, é alguém ser castigado por um cântico que não entoou", pode ler-se no documento, partilhado nas redes sociais. 

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais