Estudo defende que cães maiores são mais inteligentes do que os de porte pequeno

Carolina R. Rodrigues 30 de janeiro de 2019

Raças como os Labradores e Great Dones apresentam melhores resultados cognitivos do que os de raças mais pequenos. Os últimos, porém, são superiores em questões de inteligência emocional.

Os cães de maior parte são mais inteligentes do que os mais pequenos, defende um novo estudo realizado por cientistas da Universidade do Arizona, nos EUA.

Cães de raças como os Labradores e os Great Danes apresentam um claro cérebro maior comparados aos aos muito pequenos de algumas raças de porte menor, o que lhes confere uma melhor função cognitiva.

Os primeiros apresentam melhores formas de auto-controlo e de performance da memória a médio prazo, o que os leva a obedecer a comandos como "fica" mais facilmente do que os cães de dimensões mais pequenas.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Investigação
Opinião Ver mais