Tribunal de Leiria condena duas pessoas a prisão efetiva por burla qualificada

CM 08 de janeiro de 2018

Arguidos foram igualmente condenados a pagar à sociedade lesada.

Por Correio da Manhã

O Tribunal de Leiria condenou dois arguidos a prisão efetiva e outro a pena suspensa pela prática, em coautoria, de um crime de burla qualificada, informa esta segunda-feira a página na Internet da Procuradoria da Comarca de Leiria.

Segundo a nota, a dois arguidos foi aplicada a pena de prisão efetiva de cinco anos e seis meses, enquanto ao terceiro a pena de quatro anos e seis meses de prisão, suspensa na sua execução por igual período e com regime de prova.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login