Relatório do Tribunal de Contas não é sobre banca nem supervisão

CM 06 de dezembro de 2016

"Não será agora que já não sou presidente do TdC que vou comentar as auditorias", diz Guilherme d'Oliveira Martins.

Por Correio da Manhã

O ex-presidente do Tribunal de Contas (TdC) considerou que o relatório estaterça-feira divulgado pela entidade foi mal interpretado, já que não incide nem sobre a banca, nem sobre a supervisão, mas sobre as contas das empresas públicas.

"Não será agora que já não sou presidente do TdC que vou comentar as auditorias. Mas acho que ninguém leu ou percebeu o relatório", afirmou Guilherme d'Oliveira Martins durante a sua audição na comissão parlamentar de inquérito à gestão da Caixa Geral de Depósitos (CGD), onde foi ouvido na qualidade de antigo ministro das Finanças.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login