Puigdemont mantém tabu sobre regresso à Catalunha

CM 25 de janeiro de 2018

Líder separatista diz que o ideal seria realizar uma investidura presencial, mas não afasta nenhuma hipótese.

Por Correio da Manhã

O líder independentista catalão Carles Puigdemont manteve esta quarta-feira o tabu sobre o seu regresso à Catalunha para ser investido como chefe do próximo governo, afirmando que não descarta "nenhuma hipótese", incluindo uma investidura à distância por videoconferência, que os responsáveis jurídicos do parlamento já garantiram ser ilegal.

"A investidura ideal seria a presencial. Mas há outros caminho e não descarto nenhum", afirmou Puigdemont, após um encontro em Bruxelas com o presidente do parlamento catalão, Roger Torrent. Questionado pelos jornalistas sobre a possibilidade de ser detido ao entrar em Espanha, o líder separatista catalão insistiu: "Há muitas possibilidades. Vamos tentar que seja possível até ao último momento."

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui