Pedófilo português em fuga desde 2002 fica em liberdade

CM 03 de março de 2019

Rui Machete e Vítor Melícias testemunharam por José Soares.

Por Sérgio A. Vitorino - Correio da Manhã

José Soares estava em fuga desde 2002. Antigo professor de Comunicação Social e chefe de departamento da Fundação Luso-Americana para o Desenvolvimento, fugiu de Portugal após ter sido condenado pelo abuso sexual de uma menina de 9 anos, filha de amigos.

Foi agora detido em Badajoz, Espanha, onde, sabe o CM, estava bem inserido e viveu com uma mulher. A sua ‘boa fama’ em Badajoz fez com que o juiz local o deixasse em liberdade.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login