Papa defende 'status quo' de Jerusalém ao receber patriarca grego ortodoxo no Vaticano

CM 23 de outubro de 2017

Francisco agradeceu ao patriarca grego ortodoxo pela sua contribuição no recente restauro do túmulo da igreja do Santo Sepulcro em Jerusalém.

Por Correio da Manhã

O papa Francisco defendeu esta segunda-feira o "status quo" de Jerusalém, referindo que deve ser uma cidade santa onde todos possam viver em paz, ao receber no Vaticano o patriarca grego ortodoxo Theophilos III de Jerusalém.

"A cidade sagrada, cujo estatuto deve ser defendido e preservado, deve ser um lugar onde todos possam viver juntos em paz, caso contrário, a espiral infinita de sofrimento continuará para todos", declarou o papa na ocasião da audiência com o patriarca Theophilos III.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login