Pais rejeitam discriminação de homossexuais no Colégio Militar

CM 09 de abril de 2016

Associações sublinham que instituição é "uma escola de valores".

Por Correio da Manhã

Conhece quem tenha estudado no Colégio Militar? Os antigos alunos e os pais e encarregados de educação do Colégio Militar rejeitaram este sábado que haja discriminação dos alunos homossexuais naquela instituição e lamentaram a demissão do Chefe do Estado-Maior do Exército (CEME).

"Lamentando profundamente essa demissão, [a Direção da Associação de Pais e Encarregados de Educação dos Alunos do Colégio Militar (APEEACM) e a Direção da Associação dos Antigos Alunos do Colégio Militar (AAACM)] não podem deixar de secundar as palavras do senhor Presidente da República quanto aos relevantes serviços prestados pelo General Carlos Jerónimo, merecendo-lhes um especial destaque a forma altamente meritória como tutelou o Colégio Militar", lê-se num comunicado enviado à Agência Lusa.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login