Mãe de pequeno Daniel absolvida por falta de provas

CM 16 de fevereiro de 2017

Lídia Freitas tinha sido acusada de tentar vender o filho, em 2014.

Por Correio da Manhã

Lídia Freitas, a mãe do menino que esteve desaparecido na Calheta, na Madeira, em 2014, acusada dos crimes de rapto e tráfico de pessoas, foi absolvida dos crimes de que era acusada esta quinta-feira, no Tribunal da Comarca da Madeira.

Este tribunal não conseguiu dar como provados os crimes de que era acusada e a absolvição acabou por acontecer por falta de provas.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login