Justiça espanhola reabre investigação à proveniência do fígado de Abidal

Record 30 de janeiro de 2019

Ex-jogador do Barcelona recebeu o órgão em 2012 alegadamente de um primo mas as autoridades suspeitam de tráfico

Por Record - Record

A justiça espanhola vai voltar a analisar o caso do transplante hepático de Eric Abidal, antigo jogador do Barcelona e atual secretário técnico dos blaugrana, por suspeitas de tráfico de órgãos. O caso já fora analisado pela justiça, mas tinha sido encerrado.

Em causa está a dúvida de quem foi o real dador do fígado que o ex-jogador recebeu em 2012, depois de ter sido diagnosticado com um tumor hepático em 2011. O que se disse na altura foi que Abidal recebeu uma parte do fígado de um primo, mas um telefonema do então presidente do Barcelona, Sandro Rosell, que estava sob escuta das autoridades no âmbito de outro processo, lançou a dúvida.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login