Julgamento de mulheres acusadas de matar Kim Jong-nam retomado

CM 09 de outubro de 2017

Sessão contou com visita a laboratório de alta segurança para a visualização de provas contaminadas com o agente nervoso VX.

Por Correio da Manhã

O julgamento das duas mulheres acusadas de matar o meio-irmão do líder norte-coreano foi retomado esta segunda-feira, com a visita a um laboratório de alta segurança para a visualização de provas contaminadas com o agente nervoso VX.

O juiz, os representantes do Ministério Público, os advogados de defesa e as duas mulheres acusadas pela morte de Kim Jong-nam - a indonésia Siti Aisyah e a vietnamita Doan Thi Huong - visitaram o laboratório químico para analisar amostras da roupa de ambas antes de estas serem formalmente submetidas como provas.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login