Investidores já exigem quase o mesmo juro a Portugal e a Espanha

Record 18 de março de 2019

O diferencial entre os juros da dívida portuguesa e espanhola está em mínimos de janeiro de 2010. A melhoria do rating pela Standard & Poor's, as últimas decisões do Banco Central Europeu (BCE) e a incerteza política em Espanha justificam a reduçã

Por Record - Record

Os juros portugueses a dez anos atingiram esta segunda-feira, 18 de fevereiro, o valor mais baixo de sempre (1,249%). Segundo a série histórica da Bloomberg, que começa em fevereiro de 1997, os juros portugueses nunca tinham estado nesse período abaixo dos 1,3%. O desempenho das obrigações nacionais está a superar o das obrigações espanholas, reduzindo o "spread" para mínimos de 2010. 

Neste momento, os juros portugueses a dez anos negoceiam nos 1,249% enquanto os juros espanhóis estão nos 1,171%. Ou seja, a taxa de juro exigida pelos investidores aos dois países no mesmo prazo é separada por 7,8 pontos base. É preciso recuar até janeiro de 2010, altura pré-crise das dívidas soberanas da Zona Euro, para encontrar um diferencial entre os juros da dívida portuguesa e espanhola mais pequeno (cerca de seis pontos base).

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login