Ignorar o pequeno-almoço duplica o risco de aterosclerose

CM 02 de outubro de 2017

Segundo o estudo, este é um problema independente dos fatores de risco habituais, como o tabagismo, colesterol alto ou o sedentarismo.

Por Correio da Manhã

Um grupo de investigadores espanhóis descobriu que não comer, ou comer muito pouco, ao pequeno-almoço duplica o risco de aterosclerose e indicia hábitos de vida pouco saudáveis.

Segundo o estudo, conduzido pelo Centro Nacional de Investigações Cardiovasculares Carlos III (CNIC), em parceria com o Banco Santander, e publicado esta segunda-feira na revista do Colégio Americano de Cardiologia, este é um problema independente dos fatores de risco habituais, como o tabagismo, colesterol alto ou o sedentarismo.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login