Europa planeia casamento fiscal e subsídio de desemprego após divórcio britânico

Negócios 27 de junho de 2016

Ao contrário de Londres, os demais países da UE têm pressa na formalização do divórcio para travar a incerteza e a vaga eurocéptica. E para mostrar que a UE vale a pena, Merkel, Hollande e Renzi prometem mais cooperação na segurança e mais articulação na Zona Euro: fiscal e na área social.

Por Eva Gaspar - Jornal de Negócios

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login