Estados Unidos alertam para época de gripe especialmente "severa" este ano

Lusa 07 de outubro
As mais lidas

Com a atividade do vírus da gripe moderada desde março de 2020, os especialistas do CDC estão preocupados que um nível reduzido de imunidade entre a população contra a gripe comum possa colocar-nos em risco de "uma temporada de gripe severa este ano", afirmou a diretora do CDC.

Os especialistas dos Centros de Controlo e Prevenção dos Estados Unidos (sigla em inglês CDC) temem que a estação que agora se inicia para a gripe comum seja especialmente "severa", foi divulgado na quarta-feira.

A diretora do CDC, Rochelle Walensky, explicou numa conferência de imprensa que no ano passado houve "pouquíssimos casos de gripe", devido em grande parte às medidas de prevenção contra a pandemia de Covid-19, nomeadamente a utilização da máscara e o distanciamento social.

Com a atividade do vírus da gripe moderada desde março de 2020, os especialistas do CDC estão preocupados que um nível reduzido de imunidade entre a população contra a gripe comum possa colocar-nos em risco de "uma temporada de gripe severa este ano", afirmou Walensky.

A diretora realçou ainda que os sintomas da gripe comum e da Covid-19 podem ser semelhantes, daí que possa ser necessário fazer mais exames para detetar as duas doenças e que as pessoas infetadas se isolem, principalmente se a infeção acontecer nas escolas.

Walensky pediu aos norte-americanos para se vacinassem contra a gripe comum e lembrou que o CDC recomenda a imunização contra esta doença a partir dos seis meses de idade.

"É como no caso da Covid-19, precisamos que o maior número de pessoas seja vacinado contra a gripe comum para proteger aqueles que estão em maior risco, isto é, os adultos com mais de 65 anos e aqueles que sofrem de doenças crónicas, nomeadamente a asma, doenças do cardíacas e diabetes", salientou a diretora do CDC norte-americano.
Artigos Relacionados