Djaló regressa a Portugal de "olhos molhados" e "coração pesado"

CM 17 de setembro de 2018

Futebolista veio da Tailândia para estar presente nas cerimónias fúnebres da sua irmã Açucena.

Por Correio da Manhã

O futebolista Yannick Djaló regressou a Portugal para estar presente nas cerimónias fúnebres da sua irmã Açucena Patrícia, de 17 anos, que morreu atropelada nas festas da Moita, no sábado à noite, e admitiu no Instagram ser "a viagem mais difícil" que já fez.

"Voltar para Portugal sempre foi motivo de alegria para mim. Rever os amigos, a família, as pessoas que amo... Hoje retorno com os olhos molhados e com o coração pesado... é a viagem mais difícil da minha vida! A viagem que não gostaria nunca de estar a fazer", escreveu Yannick, numa instastory.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login