Dezenas de pessoas em cordão humano contra obras no Martim Moniz

CM 02 de fevereiro de 2019

Num protesto que até começou silencioso, acabaram por ser ouvidas frases de ordem como "a praça é nossa" e "não queremos contentores".

Por Correio da Manhã - Correio da Manhã

Dezenas de pessoas juntaram-se este sábado num cordão humano de protesto para exigir a suspensão imediata das obras na Praça Martim Moniz, destinadas à implementação de contentores com lojas.

Num protesto que até começou silencioso, acabaram por ser ouvidas frases de ordem como "a praça é nossa" e "não queremos contentores".

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui