Conselho de Administração de Serralves nega censura às fotografias de Mapplethorpe

CM 26 de setembro de 2018

João Ribas apresentou na sexta-feira a sua demissão, porque já não teria condições "continuar à frente da instituição".

Por Correio da Manhã

A presidente do Conselho de Administração (CA) da Fundação de Serralves negou esta quarta-feira que tenha existido censura na escolha das obras para a exposição do fotógrafo Robert Mapplethorpe, asseverando que o CA nunca mandou retirar obras daquela mostra.

"Em Serralves não há, nem nunca houve censura, nem nunca sob a nossa responsabilidade haverá censura. Mas também não haverá complacência com a falta de verdade, nem fuga às responsabilidades", declarou a presidente do CA, Ana Pinho, no início de um "encontro na Fundação de Serralves, para abordar assuntos relacionados com a Instituição", para o qual a comunicação social foi convidada.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui