Chineses e gregos concluem primeira fase da privatização do Pireu

Negócios 10 de agosto de 2016

A Grécia concluiu esta quarta-feira, 10 de Agosto, a primeira etapa da entrega da gestão do emblemático porto do Pireu à empresa Cosco, que tem sede em Honk Kong.

Por Negócios com Lusa - Jornal de Negócios

A Grécia já finalizou a primeira etapa da entrega à China, por 36 anos, da gestão do porto de Pireu, tendo transferido da maioria das acções da empresa pública OLP para a Cosco, com sede em Hong Kong.
Em comunicado, a autoridade responsável pela privatização das empresas públicas gregas, Taiped, considerou a venda da empresa gestora do porto como um dos "marcos" do programa.
 A Cosco comprometeu-se a adquirir 67% da OLP por um total de 368,5 milhões de euros em duas fases. A primeira ficou concluída com a venda de 51% das acções por um valor de 280,5 milhões de euros.
Na etapa seguinte, que terá lugar num prazo de cinco anos e depois de a Cosco ter investido parte de um total de 350 milhões de euros no porto, de acordo com o compromisso assumido, a empresa estatal chinesa vai adquirir mais 16% das acções por 88 milhões de euros.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login