Bebé morre no parto por falhas nos procedimentos médicos

CM 21 de outubro de 2016

Cesariana de urgência demorou meia hora a iniciar-se num hospital do Alentejo.

Por Correio da Manhã

Um bebé de 40 semanas de gestação morreu num hospital do Baixo Alentejo durante o parto, na sequência de falhas nos procedimentos médicos e por ter demorado meia hora a iniciar-se uma cesariana de urgência, segundo o regulador.

O caso consta de uma deliberação, de 7 de setembro, da Entidade Reguladora da Saúde (ERS), que emitiu uma instrução à Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo, instando-a a adotar os procedimentos necessários a garantir "o direito dos utentes à prestação de cuidados de saúde de qualidade e com segurança e em tempo útil e adequado à situação concreta de cada utente".

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login