António Folha: «Marítimo acabou por ser mais eficaz»

Record 05 de janeiro de 2019

Apesar das ausências de jogadores preponderantes como Jackson Martínez e Shoya Nakajima, António Folha não se escudou nesse facto para justificar a derrota diante do Marítimo

Por Record - Record

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login