António Costa: Salários na Caixa "estão fixados" e "não vamos mudar"

Negócios 05 de dezembro de 2016

"Tenho a certeza que [António Domingues] não se queixou de nenhuma interferência da parte do Governo." O primeiro-ministro afirmou que as remunerações que foram estipuladas para a Caixa servem para permitir que o banco tenha uma gestão profissional.

Por Sara Antunes - Jornal de Negócios

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login