Silêncios
João Laborinho Lúcio
20 de maio de 2020

Silêncios

Mais do que nunca, liderar é escutar. Passa pela construção de um espaço seguro em que cada pergunta possa ser seguida de um silêncio onde o caminho possa ser criado em parceria e colaboração. Um espaço de curiosidade onde o potencial possa emergir.

Silêncio! Silêncio que … vai ocupar-se o espaço em branco. O espaço que enche o branco desta folha, uma folha que não existe e que, ainda assim, se pinta de negro ao telintar das teclas feitas instrumento musical.

Silêncio. Silêncio que é o que nos alimenta os sons, o espaço entre as palavras, os vazios entre as letras, o piscar de olhos entre cada olhar.

Silêncio. Essa construção maravilhosa que faz nascer tudo em seu redor.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login