Encarna(do) o Espírito da Taça
César Rodrigues Investigador em História e Desporto
29 de maio de 2017

Encarna(do) o Espírito da Taça

Ontem foi dia de peregrinação ao Estádio Nacional, um templo erguido em 1944 que se tornou um dos mais representativos espaços de adoração ao futebol português

Ontem foi dia de peregrinação ao Estádio Nacional, um templo erguido em 1944 que se tornou um dos mais representativos espaços de adoração ao futebol português.

No início de cada época desportiva, todos os crentes na bola são convidados – clubes ricos (clubes profissionais) e pobres (equipas amadoras) – a professar a sua fé no rei dos desportos e a sua esperança em alcançar o mais excelso patamar até ao altar da prova rainha.

Numa atitude de veneração anual, milhares de devotos de diferentes símbolos têm a oportunidade de cumprir um êxodo até à Terra Prometida do Jamor.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Tópicos César Rodrigues