Antiga casa dos Turpin tinha “fezes nas paredes”

Antiga casa dos Turpin tinha “fezes nas paredes”
Mariana Branco 29 de janeiro de 2018

A mulher que comprou, em 2011, a antiga casa do casal que torturou os 13 filhos, contou o estado "inabitável" em que encontrou a residência.

A mulher que comprou a antiga casa dos Turpin assinou, na altura, um termo de responsabilidade antes de entrar. Agora, falou à CNN e contou o estado "inabitável" em que encontrou a residência.

Em 2011, Nellie Baldwin, agora com 78 anos, comprou uma casa em Rio Vista, em Fort Worth, no estado norte-americano do Texas. No banco, na altura da compra, foi obrigada a assinar um termo de responsabilidade antes sequer de poder visitar a moradia. A assinatura garantia que o banco não se responsabilizava se alguém se sentisse mal lá dentro.

Tendo já comprado casas em mau estado, Nellie Baldwin não esperava encontrar "algo do género", revelou à CNN. Apesar de o banco ter feito uma limpeza ao exterior da casa, por dentro encontrava-se "suja", parecendo "inabitável".

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais