Não há olhos como os de Keaton

Na semana em que "Valor da Vida" chega aos cinemas, o crítico Pedro Marta Santos traça um perfil do protagonista, Michael Keaton, o eterno Batman de Tim Burton, que aqui interpreta o advogado (real) responsável por definir as indemnizações às vítimas do 11 de setembro.

Sábado
Leia a revista
Em versão ePaper
Ler agora
Edição de 23 a 29 de setembro
As mais lidas GPS
Não há olhos como os de Keaton
Pedro Marta Santos 08 de setembro
REUTERS/Danny Moloshok

Em Valor da Vida, com estreia esta semana nos cinemas nacionais (e que deverá chegar pouco depois à Netflix, que o produziu), Michael Keaton, interpretando Kenneth Feinberg, o advogado de Washington mandatado em 2001 pelo congresso norte-americano para gerir o Fundo de Compensação das Vítimas do 11 de Setembro, representa o irrepresentável: um homem cuja tarefa é apurar o preço de uma vida humana. Quantos dólares vale um homem, uma mulher, uma criança?

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
A Newsletter Geral no seu e-mail
Tudo o que precisa de saber todos os dias. Um resumo de notícias, no seu email. (Enviada diariamente)