Casamentos low cost: noivos que poupam em quase tudo

Dina Arsénio com Ana Taborda 11 de agosto de 2017

Escolher uma quinta agrícola ou comprar sumos e salgados no super são truques para não ultrapassar o orçamento

Eram amigas desde os 17 anos, mas foi em 2008 que se reencontraram e começaram a namorar. Sofia, de 32 anos, e Maria João, de 34 anos, casaram a 14 de Junho de 2014, no dia em que faziam 6 anos de namoro, no registo civil de Oeiras. Escolheram o tema (campo em vez de mar), decidiram que não iam gastar mais de 3.000 euros e cumpriram o orçamento.

Na fase da escolha dos vestidos (sim, foram dois), Sofia comprou o dela no site chinês www.jjshouse.com – pagou 150 euros, com portes incluídos. "Não me passaria pela cabeça gastar mais do que isto num vestido que nunca mais vou usar". O da sua mulher custou mais 20 euros numa loja de vestidos low cost, a WeddingClinic.

O copo-d’água foi feito numa quinta agrícola, em Canha, no Montijo. Problema: o espaço tinha pouco mais do que umas cadeiras desdobráveis e fardos de palha. Compraram mesas, tapetes, tecidos e decoração – tudo no Ikea, por 180 euros.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais