Tribunal de Leiria julga advogada acusada de burla qualificada

CM 28 de novembro de 2017

Entre agosto de 2007 e outubro de 2010, a arguida recebeu créditos no valor de 5,5 milhões de euros.

Por Correio da Manhã

Uma advogada da Marinha Grande está a ser julgada no Tribunal de Leiria pelos crimes de burla qualificada, atividade ilícita de receção de depósitos e outros fundos reembolsáveis e falsificação de documentos, num prejuízo de 5,5 milhões de euros.

Segundo a acusação a que a agência Lusa teve acesso, a advogada e o representante de uma sociedade 'offshore' com sede no Panamá são arguidos no processo, que foi desencadeado em 2016 numa operação da Polícia Judiciária.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login