Ryanair ameaça reduzir de aviões em Portugal se greve de tripulantes se mantiver

CM 28 de março de 2018

Trabalhadores marcaram protesto para a Páscoa exigindo direitos laborais.

Por Correio da Manhã

A Ryanair ameaça reduzir o número de aviões nas bases que tem em Portugal se a greve dos tripulantes de cabine no período da Páscoa avançar, num memorando enviado aos trabalhadores, a que a agência Lusa teve acesso.

"Se estas greves desnecessárias avançarem, vão perder salário, prejudicar o bom nome dos tripulantes de cabine da Ryanair junto dos nossos clientes e teremos que rever o número de aeronaves atualmente baseadas em Portugal", lê-se no documento assinado por Eddie Wilson, responsável pelos recursos humanos da companhia aérea.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui