RTP diz que "até ao momento ninguém" na empresa foi constituído arguido

CM 17 de abril de 2018

O Ministério Público realizou esta terça-feira buscas na sede do canal, em Lisboa.

Por Correio da Manhã

A RTP esclareceu esta terça-feira que as buscas realizadas na sede da empresa reportam a factos de 2012, envolvendo a empresa municipal Águas de Santarém e o programa Justiça Cega e que "até ao momento ninguém" foi constituído arguido.

O Ministério Público realizou esta terça-feira buscas na sede da RTP, em Lisboa, e nos serviços da empresa municipal Águas de Santarém, no âmbito de um inquérito que investiga o crime de abuso de poder.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login