Prisão domiciliária para estudante do Porto suspeito de ferir adolescente que ficou em coma

CM 15 de novembro de 2018

Prisão domiciliária para estudante do Porto suspeito de ferir adolescente que ficou em coma

Por Lusa - Correio da Manhã

O estudante de 17 anos do Porto detido por suspeita de ofensa à integridade física grave a um jovem de 15 anos que está em "sério perigo de vida" vai ficar em prisão domiciliária, disse hoje fonte policial.

Fonte da Polícia Judiciária (PJ) afirmou à Lusa que o estudante detido na terça-feira foi hoje ouvido no Tribunal de Instrução Criminal (TIC) no Porto e a medida de coação que lhe foi aplicada foi "prisão domiciliária".

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui