Pena suspensa para militar da GNR condenado por corrupção e lenocínio

CM 07 de maio de 2018

Crime ocorreu em Vila Real.

Por Correio da Manhã

O Tribunal de Vila Real condenou esta segunda-feira um primeiro-sargento da GNR a três anos e seis meses de pena suspensa e a uma multa de 2.100 euros, em cúmulo jurídico por vários crimes, como lenocínio e corrupção passiva.

O militar estava envolvido num processo que junta um total de seis arguidos, entre os quais um outro militar da GNR, que foi condenado a uma pena de multa de 1.500 euros pelo crime de recebimento indevido de vantagem.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login