Nelson Cruz: «Todos os meus colegas são uma grande família»

Record 15 de março de 2016

Nelson Cruz explicou o objetivo de marcar presença no Nacional de crosse...

Por Record

A vida pode não ser fácil, mas a vontade de viver faz com que as dificuldades sejam superadas, sempre com motivação. Que o diga Nelson Cruz, surpreendente campeão nacional de corta-mato, que bateu sem dó nem piedade a fina-flor dos atletas do Sporting e Benfica, nas Açoteias."É um título que tem enorme significado. Corro há 20 anos e era um sonho ser campeão nacional, ficando numa restrita lista de atletas. Era difícil concretizar, por não ter as mesmas condições dos adversários, muitos deles profissionais", considerou Nelson Cruz.A paixão pelo atletismo é muita, mas para ganhar a vida é preciso mais. Por isso, Nelson Cruz trabalha há 11 anos num hipermercado, no Jumbo de Almada, onde tem como tarefa zelar pelo mercado dos derivados do leite e ovos. A apresentação, reposição e limpeza para apresentação dos produtos faz parte do quotidiano deste maratonista, que até já representou Cabo Verde nos Jogos Olímpicos de Pequim'2008, onde foi 48º. "Gosto muito da minha profissão. Todos os meus colegas são uma enorme família, são amigos. Passamos muito tempo juntos nas oito horas diárias de trabalho, onde também convivemos", considerou Nelson Cruz, que tem um ordenado de cerca de 600 euros."Era bom que, agora, viesse um aumento [risos], mas é o normal, um pouco acima do ordenado mínimo. Eu e a minha mulher, também aqui empregada na charcutaria, temos de gerir o pouco, para mais porque temos duas filhas, de 12 e 5 anos, e já vem a terceira a caminho, pois ela está grávida de sete meses. No fundo, também foi aqui que constitui família", agradeceu Nelson Cruz.



Nacional de crosse como um treino para a maratona

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui