Mulher raptada em bebé encontra família 40 anos depois

CM 06 de dezembro de 2017

Pais da mulher desapareceram durante a ditadura militar na Argentina.

Por Correio da Manhã

Uma mulher raptada em criança, durante a ditadura militar da Argentina, reencontrou a família passado 40 anos. 

O reencontro foi possível graças à associação de direitos humanos "Abuelas de Plaza de Mayo", que tem como objetivo localizar e devolver às famílias todas os desaparecidos da chamada "Guerra Suja", ditadura militar na Argentina que durou de 1976 a 1983. 

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login