Kremlin: Turquia pediu desculpa à Rússia por queda de avião

Negócios 27 de junho de 2016

Uma carta divulgada pela Presidência russa refere que Erdogan não quer deteriorar relações com Putin e prometeu tudo fazer para repor as relações entre os dois países, incluindo a luta comum contra o terrorismo.

Por Paulo Zacarias Gomes - Jornal de Negócios

A Presidência da Rússia anunciou que o Chefe de Estado turco Tayyip Erdogan pediu desculpa ao seu homólogo russo, Vladimir Putin, pelo derrube do avião militar de Moscovo levado a cabo em Novembro passado na fronteira síria, alegadamente depois da aeronave (envolvida numa operação em território de Damasco) ter entrado em espaço aéreo de Ancara.
"Quero uma vez mais manifestar a minha compaixão e profundas condolências à família do piloto que morreu e dizer: peço desculpa", refere um comunicado do Kremlin, citado pela Reuters, que transcreve a carta enviada por Erdogan. No entanto, o porta-voz do Presidente turco, Ibrahim Kalin, que confirmou a existência da carta, argumenta contudo que o pedido de desculpas foi dirigido à família do piloto.A conta de Putin na rede social Twitter dá também conta da existência da mensagem:
The President of Turkey expressed sympathy and deep condolences to the family of the killed Russian #Su24 pilot
— President of Russia (@KremlinRussia_E) 27 de junho de 2016
Dependendo de como o Kremlin entenda a carta – e de como Ancara a faça interpretar oficialmente o seu conteúdo junto das autoridades russas -, a Rússia pode decidir levantar as sanções activadas aquando do incidente, que incluíram a suspensão da construção de um gasoduto para levar gás à Europa através da Turquia.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login