Kokorin pede desculpa por agressões: «Aprendi a lição, a prisão ajuda a isso»

Record 05 de fevereiro de 2019

Avançado do Zenit, que está detido preventivamente desde outubro, escreveu carta a pedir desculpa pela sua atitude

Por Lusa - Record

O futebolista internacional russo Aleksander Kokorin, avançado do Zenit, que está em prisão preventiva desde outubro, pediu esta terça-feira desculpa pelos atos de agressão e vandalismo de que é suspeito.

"Sou o Aleksander Kokorin e quero pedir desculpa aos adeptos, aos meus companheiros de equipa e aos técnicos. Falhei com eles e agora não posso treinar, nem competir. Como figura pública e como atleta não me comportei de forma correta", escreveu o jogador, numa carta divulgada este terça-feira.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui