Juiz Rui Rangel suspeito de corrupção

CM 30 de janeiro de 2018

Ex-mulher de magistrado também é alvo de megaoperação da PJ, que decorre esta manhã.

Por Correio da Manhã

Rui Rangel e a ex-mulher Fátima Galante, ambos juízes desembargadores, são os principais alvos de uma megaoperação da PJ que está a decorrer esta manhã, por fortes suspeitas de corrupção em decisões que tomaram, ao longo dos anos, em tribunais superiores.

Há indícios de que, em acórdãos que proferiram, venderam decisões judiciais em favor das partes - recebendo subornos milionários. Respondem ainda por branquamento de capitais e fraude fiscal.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui