Juiz do Supremo do Brasil suspende temporariamente presidente do Senado

Negócios 06 de dezembro de 2016

Numa decisão provisória, o magistrado Marco Aurélio de Mello, do Supremo Tribunal Federal, suspendeu temporariamente Renan Calheiros, acusado de corrupção, do cargo de presidente do Senado.

Por Negócios - Jornal de Negócios

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login