Jogador viveu de perto tragédia na Madeira

CM 10 de agosto de 2016

Médio Breitner representa o União da Madeira.

Por Correio da Manhã

Breitner, jogador do União da Madeira, da II Liga portuguesa de futebol, falou à imprensa do seu país da "tristeza" e do "clima tenso" que se vive na Ilha da Madeira.

O médio, que nasceu na Venezuela, mas possui também nacionalidade brasileira, tendo sido formado no Santos, disse à imprensa brasileira que, após o treino de terça-feira no complexo desportivo do clube, na Camacha, que terminou pelas 19h00, só conseguiu "chegar a casa, em São Martinho, após as 23h00", num trajeto que, em condições normais, se efetua em cerca de 30 minutos.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login