Interrogatórios da Operação Marquês mostram contradições entre Salgado e Bataglia

CM 17 de abril de 2018

Presidente do BES nega saber do destino de milhões e recusa ter pago luvas a Sócrates.

Por Correio da Manhã

Ricardo Salgado e Hélder Bataglia contaram aos investigadores da Operação Marquês duas versões bem diferentes sobre o destino de cerca de 10 milhões de euros, que Bataglia diz terem tido como destinatário Carlos Silva, amigo íntimo de José Sócrates.
Salgado e Bataglia com versões diferentes sobre milhões para Carlos Silva
Respondendo ao Procurador Rosário Teixeira, Ricardo Salgado foi confrontado com os gastos de milhões de Hélder Bataglia, também arguido no processo, a propósito de supostos investimentos do BES em África. O banqueiro negou ter qualquer conhecimento sobre as atvidades de Bataglia, mas este disse exatamente o contrário. O empresário diz que sempre informou Salgado das suas atividades e confirmou a entrega de milhões de euros a Carlos Silva, amigo de José Sócrates.

O banqueiro cehgou a dizer aos investigadores: "Quem percebe de mercados sou eu".

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login