Google despediu 48 funcionários por assédio sexual nos últimos dois anos

Negócios 26 de outubro de 2018

O gigante tecnológico Google anunciou hoje que despediu 48 funcionários por alegado assédio sexual nos últimos dois anos, disse o director-geral da empresa, Sundar Pichai.

Por Lusa - Jornal de Negócios

Num documento interno dirigido aos funcionários, depois de o New York Times ter referido que a Google tinha abafado alguns casos, Sundar Pichai explicou que entre os empregados despedidos estão 13 altos funcionários.

 

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login