Fundação da Santa Sé diz que cristãos nunca foram tão perseguidos

CM 12 de outubro de 2017

Iraque, Síria, China, Coreia do Norte e Nigéria são alguns dos países apontados.

Por Correio da Manhã

A perseguição aos cristãos que se verifica hoje no mundo nunca foi vista na história, considera a Fundação AIS, num relatório que vai ser apresentado às 17h00 desta quinta-feira.

Esta fundação, dependente da Santa Sé, foi fundada em 1947 pelo padre Werenfried van Straaten, "inspirado na mensagem de Fátima", como é descrito no seu sítio na Internet, e diz ter por objetivo "apoiar projetos de cunho pastoral em países onde a Igreja Católica está em dificuldades".

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login