EUA empurram investimento estrangeiro mundial para mínimos de 2013

Negócios 31 de outubro de 2018

O investimento directo estrangeiro está em mínimos de 2013 graças à reforma fiscal dos EUA que as multinacionais norte-americanas aproveitaram para repatriar lucros.

Por Tiago Varzim - Jornal de Negócios

No primeiro semestre houve uma queda muito significativa de investimento directo estrangeiro (IDE) no mundo. A redução levou o indicador para o nível mais baixo desde o primeiro semestre de 2013.

O IDE caiu 35% na primeira metade deste ano em comparação com o final de 2017, segundo os dados divulgados esta quarta-feira, 31 de Outubro, pela Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Económico (OCDE). Em causa está a reforma fiscal implementada por Donald Trump.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui