Docentes levam ?nega? e apelam aos partidos

CM 29 de setembro de 2018

Ministério da Educação só devolve 2 anos e 9 meses e dá negociações por encerradas.

Por Correio da Manhã

O Ministério da Educação (ME) deu esta sexta-feira por encerradas as negociações com os sindicatos de professores pela recuperação do tempo de serviço congelado. Na reunião suplementar, o ME apresentou a proposta de devolver apenas um terço do tempo congelado: 2 anos, 9 meses e 18 dias.

Os sindicatos contestam o diploma e apelaram aos partidos para pedirem a fiscalização sucessiva da constitucionalidade do decreto-lei, sendo necessários 23 deputados para o efeito. Na próxima semana haverá greves por regiões, entre segunda e quinta-feira, e uma manifestação na sexta-feira. Os professores ameaçam também recorrer aos tribunais.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login