Babysitter mata bebé e entrega-o à mãe dizendo que estava a dormir

CM 07 de janeiro de 2019

Marissa Tietsort meteu a criança embrulhada em casacos na cadeirinha do carro da mãe. Esta só se apercebeu mais tarde.

Por Correio da Manhã - Correio da Manhã

Uma babysitter do estado americano do Wisconsin enfrenta a acusação de homicídio em primeiro grau, depois de um bebé de dois meses que estava ao seu cuidado ter morrido devido a lesões causadas por trauma profundo. A mulher ocultou a morte de criança. Devolveu-a à mãe embrulhada num casaco e com um chapéu que lhe tapava os olhos e colocou o bebé na cadeirinha do carro da progenitora, dizendo que o menino estava a dormir.

A mãe acreditou que o filho dormia e seguiu com a irmã no carro para uma lavandaria automática ali perto. Só quando parou se apercebeu de que o corpo do filho carro estava gelado. Ainda tentou fazer manobras de reanimação, mas o menino não recuperou a consciência. O caso aconteceu em outubro, mas foi agora noticiado nos EUA.

A ABC relata que a Marissa Tietsort, a babysitter em causa, está detida com uma fiança de 500 mil dólares (437 mil euros). 

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login