Apoio psicológico só foi dado a 40% das pessoas após incêndios

CM 26 de maio de 2018

Inquérito realizado questionou ainda 67 entidades locais.

Por Correio da Manhã

O apoio psicológico apenas foi dado a 40% das pessoas que sentiram essa necessidade na sequência dos fogos de junho e de outubro de 2017, concluiu um inquérito realizado aos afetados por esses incêndios.

O resultado surge nas conclusões do estudo de opinião realizado no âmbito da comissão de acompanhamento à população afetada pelos incêndios de 2017, na área da saúde mental, que finalizou o seu relatório final este mês e ao qual a agência Lusa teve acesso.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login