Matava para vender cadáveres à máfia

CM 22 de dezembro de 2017

Paramédico injetava ar nas veias de doentes na já chamada ?ambulância da morte?.

Por Correio da Manhã

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui