13 funcionários do Fisco entre 45 acusados de corrupção

CM 18 de abril de 2017

Em causa acusações de corrupção, falsidade informática, acesso ilegítimo e abuso de poder, entre outras.

Por Correio da Manhã

O Ministério Público (MP) acusou 45 arguidos, 13 deles funcionários da Autoridade Tributária, por corrupção, falsidade informática, acesso ilegítimo, abuso de poder, tráfico de influência, fraude fiscal, falsas declarações e detenção de arma proibida, informou esta terça-feira o MP

Segundo adianta a Procuradoria-Geral Distrital de Lisboa (PGDL), entre os arguidos estão ainda técnicos oficiais de contas, contabilistas, advogados, gestores de empresas, empresários e uma pessoa coletiva, tendo o MP pedido uma indemnização civil em representação do Estado Português no valor de 57.465 euros.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login