O pacto secreto dos três maçons e a corrupção na câmara
António José Vilela

O pacto secreto dos três maçons e a corrupção na câmara

Um acordo criminoso não cumprido na venda de um terreno público que iria defraudar o Estado. Uma autarca endividada por empréstimos pessoais e que tomava decisões após consultar uma “conselheira espiritual”. O dinheiro encontrado num cofre e em envelopes. E o alegado pacto do deputado do PS com os dois amigos que tinham feito juras de fidelidade nos templos da maçonaria.

As operações clandestinas dos espiões portugueses
Nuno Tiago Pinto

As operações clandestinas dos espiões portugueses

A intervenção do SIS para recuperar o computador de Frederico Pinheiro trouxe para a ribalta a atuação dos oficiais de informações do SIS. Treinados para realizar operações clandestinas, os agentes dos “serviços” atuam na fronteira da legalidade – ou mesmo ultrapassando-a, segundo relatos de ex-responsáveis.

Os serviços secretos sempre foram assim

Só quem anda muito distraído é que pode ficar surpreendido com o facto de o SIS e o SIED (a secreta externa) atuarem muitas vezes à margem da lei e através dos departamentos operacionais de vigilância. O caso do assessor do ministro é só mais um.

Caso Galamba. SIS em “desvio de funções”
Alexandre R. Malhado

Caso Galamba. SIS em “desvio de funções”

Secretas intervieram na recuperação do portátil de ex-adjunto. Juristas questionam legalidade da atuação do serviço, liderado por um espião com ligações ao PS e PSD.

Espiões com salários do século passado
Nuno Tiago Pinto

Espiões com salários do século passado

Os Serviços de Informações não conseguirão reter os funcionários mais talentosos se os salários dos "espiões" - que remontam à década de 1980 - não forem atualizados, diz o Conselho de Fiscalização.

A Newsletter As Mais Lidas no seu e-mail
Às Sextas-Feiras não perca as notícias mais lidas da semana